Topo

Costura solta. 

Resultados do negócio são medidos principalmente em função do retorno sobre o investimento.

Retrocesso generalizado com conflitos políticos e econômicos, individualismo generalizado e o protecionismo no comércio internacional levam a um mercado da moda fundamentalmente orientado ao lucro. A colaboração entre os setores é frágil. A economia brasileira está em crise e o investimento em educação e tecnologia é baixo.

Há poucos mecanismos de controle social sobre o trabalho precário, situação que é agravada pelo aumento do desemprego provocado pela substituição de mão de obra por produção automatizada e por fluxos migratórios intensos no continente.

Comparativo dos diferenciadores.

Economia e mercado.
:: Economia brasileira em crise;
::  Comércio internacional limitado pelo protecionismo.

Cultura e consumo.
:: Prevalece a cultura individualista.
:: Redução do poder de compra do consumidor fortalece o fator preço na escolha dos produtos.
:: Crise impulsiona o mercado de roupas de segunda-mão.

Questões ambientais/recursos naturais.
::  Impostos Verdes surgem como resposta à baixa arrecadação pública.

Modelo de negócio e cadeia de valor.
:: Resultados do negócio são medidos principalmente em função do retorno sobre o investimento.
:: Cadeia pouco valorizada, critério de compra baseado na relação preço e qualidade mínima.
:: Micro e Pequenas Empresas (MPEs) enfraquecida s em função de estratégia de diversificação para confecção e varejo.

Educação, ciência, tecnologia e inovação.
:: Alguns segmentos do setor têxtil investem na mecanização de sua produção e aumenta o percentual de fábricas inseridas em um modelo de produção 3.0 (com automação do maquinário).
:: Canal de vendas online limitado.
:: Pouco investimento em educação e tecnologia.

Trabalho e trabalhador(a). 
:: Enfraquecimento dos mecanismos de controle do trabalho precário e análogo ao escravo.
:: Reestruturação do movimento sindical. Informalidade crescente.
:: Aumento do fluxo migratório em função de instabilidade internacional.

Relações entre atores.
:: Diálogo entre atores é frágil.
:: Predomina a lógica de defesa de privilégios e interesses econômicos de indivíduos e grupos.
:: Disputa por interesses próprios e pouco coordenados.
:: Ausência de serviços públicos básicos contribui para o aumento da pobreza e vulnerabilidades e o sentimento de desesperança.