Topo

GT5 Modelos de negócios. 

Pesquisa e mobilização para promover relações sustentáveis e justas entre os elos da cadeia.

Nome provisório da iniciativa.
Mão Dupla.

Equipe.
Anne Posthuma (OIT), Camila Zelezoglo (Abit), Giuliana Ortega (Instituto C&A), Lúcia Santana Leão Buson (SEBRAE), Mariana Xavier (Instituto C&A) Kazue (Eruption Jeans).

Organização Âncora.
Abit. Apoio institucional: OIT, PNUD, Sebrae.

Porque esta iniciativa é importante.
As confecções, em sua grande maioria pequenas e microempresas, têm inúmeras fragilidades em relação à gestão, condições de trabalho, informalidade e dependência financeira. As práticas comerciais entre varejistas, fornecedores e subcontratados impactam na sustentação financeira da cadeia, dificultando o crescimento dos negócios, o cumprimento do compliance, principalmente social, e aumentando os riscos dessa cadeia de fornecimento. Embora ciente do problema o setor ainda não tem a dimensão e tampouco conhece quais são as melhores e mais viáveis práticas para lidar com a questão.

O que queremos.
Relações de compra e venda sustentáveis e justas ao longo da cadeia das grandes redes do varejo de moda e criação de mecanismos e compromissos no nível de varejistas e fornecedores e subcontratados.

O que pretendemos fazer.
:: Diálogos estratégicos para engajamento;
:: Estudo sobre problemas e gargalos na relação comercial entre varejistas e seus fornecedores diretos, e entre subcontratados e fornecedores, impacto no compliance social, governança e performance ambiental, e boas práticas no relacionamento entre compradores e fornecedores;
:: Sensibilização com públicos selecionados com base no estudo.
:: Criação e/ou fortalecimento de canais de representação dos fornecedores e dos subcontratados;
:: Construção de mecanismo de avaliação regular das relações de compra e venda na cadeia de fornecimento.

Onde estamos.

Finalizando o projeto e construindo parceiras.